Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Zalcbergas exibe Impressões Cromáticas do Vale



Artista plástico de vida e obra singulares, Salomão Zalcbergas volta mais uma vez a expor no Teatro Gamboa, desta vez com “Impressões Cromáticas do Vale”, onde faz um recorte de seu trabalho na Chapada Diamantina, dando acesso às obras ao público até o final de março, na Galeria Jayme Fygura, foyer do espaço, de 04 a 29 de março, das 16h às 19h (quartas a sábados) e 15h às 17h (domingos). Entrada gratuita.


Esta coleção vem sendo marcada por belos contrastes cromáticos, na técnica acrílica sobre tela. Salomão tem se dedicado, nos últimos anos, aos temas regionais onde enaltece a figura do homem rural em seu ambiente bucólico, que remete à vida simples e poética do indivíduo em sua rotina.


“Ainda hoje, conversando com dois amigos agricultores, em meio à movimentação turística do Vale, eles ainda resistem: uns com carrinho de mão, outros com cavalos, burros, chapéu e jaleco de couro e, ainda, alguns com facão na cintura e enxada no ombro. Todos eles deparando-se com as novidades tecnológicas”, diz Salomão. Para o artista, essa resistência pela manutenção dos princípios dos antigos nativos, mantém certa unidade familiar. “É esse ambiente que me instiga a resgatar essas valiosas memórias e tradições, que resistem, expressá-las em cores vibrantes, harmônicas e antagônicas”.


Luiz Salomão Zalcbergas é formado em Artes Plásticas pela Escola de Belas Artes da Ufba, Licenciatura em Desenho e foi docente em Artes em Escolas Públicas de Salvador e no município de Caeté-Açu. Nasceu em São Paulo, mas estabelecido na Bahia em 1960, desde a década de 80 reside entre Salvador e o Vale do Capão, onde seus murais, a céu aberto, são uma das grandes atrações e estão expostos permanentemente.