• Cidade da Bahia

Reabertura de shoppings deve acontecer nesta sexta



Se o percentual de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19 se manter em 75% ou menos, Salvador entrará, já nesta sexta-feira, 24 de julho, na fase um de reabertura de atividades econômicas, religiosas e culturais. O índice foi alcançado domingo (19) e, pelas regras de faseamento adotadas conjuntamente pela Prefeitura e Governo do Estado, precisa permanecer como teto por pelo menos cinco dias consecutivos.


Na manhã desta segunda-feira (20), durante a inauguração da Unidade de Saúde da Família (USF) Antônio Neiva, no Arraial do Retiro, o prefeito ACM Neto disse que a expectativa dos técnicos do município é que esse percentual caia ainda mais com a abertura de novos leitos ainda essa semana, a exemplo dos dez que entram em operação até terça (21) na unidade de emergência instalada no Hospital Sagrada Família.


O funcionamento da totalidade dos 25 leitos que a Prefeitura garantiu no hospital de campanha erguido pelo Estado na Arena Fonte Nova ao enviar os respiradores e custear a operação também será fundamental para a queda do índice. "Além disso, já havíamos aberto dez leitos de UTI exclusivos para Covid-19 no Hospital Municipal de Salvador. E vamos abrir outros dez no Hospital Salvador também nos próximos dias. Todo esse esforço deu condições de nos aproximarmos do início da fase um de retomada, o que, se tudo der certo, já será na próxima sexta", disse ACM Neto.


A fase um prevê a reabertura presencial, mediante protocolos gerais e específicos, das seguintes atividades: shoppings centers e centros comerciais correlatos, comércio de rua acima de 200 metros quadrado (aqueles com espaço inferior já podem abrir seguindo as regras de proteção à vida), templos religiosos e igrejas (hoje há a limitação de 50 pessoas, independentemente do tamanho do salão) e eventos culturais em sistema drive in, mediante autorização prévia da Prefeitura.


Os shoppings e centros comerciais correlatos, por exemplo, que estão funcionando apenas no sistema drive-thru, poderão reabrir com atendimento presencial nas lojas seguindo os protocolos gerais de proteção à vida, a exemplo do distanciamento social, higienização e obrigatoriedade do uso de máscaras para clientes e empregados, e os específicos, como a limitação de uma pessoa a cada nove metros quadrados em áreas comuns. Além disso, será exigida a medição de temperatura dos trabalhadores.


ACM Neto ressaltou que o sucesso da fase um de retomada depende do apoio de todos, seja através do cumprimento individual dos protocolos e determinações ou denunciando as irregularidades. "É fundamental que todos contribuam fazendo sua parte. Só assim poderemos fazer essa retomada com segurança. Só assim não teremos problemas depois", afirmou.


*Fonte Secom/SSA, foto de Jefferson Peixoto/Secom

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com