Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Programa Neojiba ganha nova sede


O programa Neojiba, referência nacional no ensino de música para crianças e jovens, passa a contar a partir de 9 julho deste ano com uma nova e bem estruturada sede, ocupando um imóvel completamente restaurado e uma nova ala no belíssimo sítio histórico do Parque do Queimado, no bairro da Soledade/Liberdade. Os espaços vão abrigar as atividades do Núcleo Central de Formação (NCF), além de outros departamentos estratégicos, como o setor de Desenvolvimento Social e o Centro de Documentação e Memória.


A nova sede possui uma sala de espetáculos para música de câmara, com capacidade para 140 espectadores, um prédio com saguão de entrada, bilheteria, loja, bastidores, depósito para instrumentos e banheiros, além de outra edificação com cinco salas de ensaio munidas de isolamento térmico e acústico.


Os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) são exemplo inovador de política pública que alia, de forma pioneira na Bahia, as áreas da Cultura, da Educação e do Desenvolvimento Social. O programa foi criado em 2007 pelo pianista, educador, regente e gestor cultural Ricardo Castro e está vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Governo do Estado da Bahia. A gestão da iniciativa é realizada pelo Instituto de Ação Social pela Música (IASPM), fundado em 2008 para promover, incentivar e apoiar o desenvolvimento e a interação social pela prática musical coletiva.


Cerca de seis mil crianças, adolescentes e jovens em toda a Bahia são contemplados com as ações de formação musical do programa Neojiba. Mais de 420 mil pessoas já assistiram as 721 apresentações musicais realizadas pelas formações musicais dos núcleos do programa. Para o grande público, o resultado desse trabalho se revela na qualidade musical da Orquestra Juvenil da Bahia, a primeira e principal formação orquestral do programa Neojiba. Ela é constituída por adolescentes e jovens com até 27 anos. Destaque no cenário nacional e internacional, a orquestra já realizou mais de 190 apresentações para um público de 200 mil pessoas. Foi a primeira orquestra juvenil brasileira a se apresentar na Europa, em 2010.