• Cidade da Bahia

Passagem de Ônibus aumentará para R$ 4,40 segunda-feira



Numa atitude de insensibilidade diante da crise gerada pela pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Salvador anunciou, no início da noite desta sexta-feira, 23 de abril, o aumento das tarifas do ônibus a partir de segunda-feira (26). O valor saltará dos atuais R$ 4,20 para R$ 4,40, de acordo com comunicado emitido pela gestão municipal.


O aumento de R$ 0,20, ou 4,76%, pegou a população de surpresa. A Prefeitura justificou que o reajuste se deu a partir de um acordo com as concessionárias do Consórcio Integra, que opera o transporte público da cidade. Segundo o comunicado, o reajuste deveria ter acontecido em março deste ano. Contudo, o prefeito Bruno Reis (DEM) teria adiado o aumento justamente por conta da pandemia. O último reajuste foi em março de 2020.


“Um absurdo nesse momento de pandemia, em que as pessoas precisam sobreviver e até ter ajuda da Prefeitura, eles autorizarem este aumento. Faltou sensibilidade. Vai piorar ainda mais a vida das pessoas”, reclamou a usuária do serviço Beatriz Conceição.


“A Prefeitura buscou adiar este reajuste o máximo possível por entender se tratar de um momento delicado para toda a população. Porém esse déficit poderia agravar ainda mais a crise vivida no transporte público, levando inclusive a um colapso do sistema, o que não podemos permitir que aconteça”, justificou o secretário de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Müller.


Segundo a gestão municipal, a análise que embasou a decisão de aumentar a tarifa é da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal). Para o Executivo soteropolitano, “o cálculo é feito de acordo com as variações do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do preço do diesel e do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período de 12 meses entre o último reajuste e o mês anterior ao da revisão tarifária.”


*Foto de Jefferson Peixoto/Secom

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo