Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Irmãos Macedo relembram a história do trio elétrico


Filhos de um dos criadores do Trio Elétrico, Osmar Macedo, parceiro de Dodô, eles praticamente cresceram tocando em palcos sobre rodas. Da fóbica e dos primeiros trios com autofalantes estridentes eles partiram para trios cada vez mais modernos, amadurecendo como músicos e acompanhando as transformações não só técnicas, mas também nas características e na música do Carnaval de Salvador. É um pouco desta história, repleta de páginas musicais, que os irmãos Armandino, André, Aroldo e Betinho vão contar em uma série de três shows, sempre as sextas-feiras, a partir deste dia 24 de janeiro, 21h, no Teatro Sesc Casa do Comércio (Edifício Casa do Comércio, Av. Tancredo Neves, 1109, Pituba). Os outros shows estão marcados para os dias 7 e 14 de fevereiro, com ingressos a R$ 25 (meia) a R$ 50 (inteira). Mais Informações (71) 2626-0032 (vendas pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h).


Nos casos que serão contatos no palco haverá uma ênfase para as comemorações dos 70 anos de trio elétrico, em 2020. Neste projeto, os músicos vão fazer uma releitura da obra deles, apresentada com instrumentos eletroacústicos, com uma nova forma de executar o repertório, mostrando as várias nuances das composições. Serão obras criadas ao longo de uma trajetória de mais de 40 anos apresentadas com uma nova sonoridade.


O espetáculo apresentará hits desde a época da criação da primeira guitarra elétrica do Brasil (o Pau Elétrico), com a evolução e a inovação propostas por Armandinho para a utilização do instrumento. Em resumo, é a evolução que transformou o Carnaval Salvador na maior festa de participação popular do planeta.


No palco com os Irmãos Macêdo estarão ainda Yacoce Simões, que também assina a direção musical do espetáculo, além de Manoel Stanchi e Citnei Dias na percussão. A direção artística deste projeto é de Andrezão Simões. O público vai viver a magia de ir atrás do Trio Elétrico de diferentes épocas sem sair da poltrona.


*Foto de Felipe Oliveira/divulgação, leia mais sobre o assunto na matéria "Carnaval 2020 marcará os 70 anos do trio elétrico"