Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Grupo francês assume gestão do novo Centro de Convenções


A empresa francesa GL Events oficializou o início da gestão do novo Centro de Convenções de Salvador (CCS) nesta terça-feira, 10 de setembro, com a assinatura do contrato firmado com a Prefeitura. O ato ocorre três meses antes da inauguração do equipamento, que tem previsão para ser entregue no dia 21 de dezembro deste ano, com um grande evento ainda a ser anunciado. Durante o ato de assinatura da concessão, o prefeito ACM Neto revelou que o equipamento vai sediar, já em 2020, a Bienal do Livro, realizada este ano no Rio de Janeiro (RJ).


Além do prefeito, participaram do ato de assinatura de concessão o CEO da GL Events, Damien Timperio, o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, e o secretário de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, entre outras autoridades. ACM Neto afirmou que o Centro de Convenções terá uma agenda diversificada de eventos, sobretudo entre março e dezembro, período considerado como de baixa estação para o turismo comum.


Com a assinatura, a GL Events se torna a gestora do CCS pelos próximos 25 anos e também a responsável pela comercialização e atração de eventos para o local. Para gerir o Centro de Convenções de Salvador, a empresa vai investir R$ 10 milhões em outorga fixa, que serão pagas em duas parcelas em seis meses. Após seis anos, a empresa, que já opera equipamentos do tipo no Rio de Janeiro e São Paulo, realizará o pagamento de 5% de outorga variável sobre a receita bruta e também irá investir mais cerca de R$ 14 milhões, tanto na parte de equipamentos e mobiliário quanto na captação de eventos. A Prefeitura de Salvador já investiu R$ 126 milhões no equipamento.


As obras do Centro de Convenções de Salvador, terceira maior estrutura municipal do tipo no país, estão 65% concluídas. As intervenções no equipamento apresentam avanço nas instalações do pavilhão A, B e módulo central, com a finalização das instalações dos dutos de ar-condicionado, dando sequência à montagem dos equipamentos de climatização, rede de combate a incêndio, infraestrutura das instalações elétricas e hidrossanitárias, além de implantação do piso da área do foyer principal.


Os serviços de pavimentação da área externa também estão em estágio avançado, com a instalação de piso em granito, porcelanato, além da montagem de divisórias, pintura interna, montagem da fachada, instalação de forros e finalização da cobertura. Também estão sendo iniciados a construção das arquibancadas, além do palco para shows ao ar livre, localizados no fundo do CCS.


Com 37 mil m² de terreno construído em uma área de pouco mais de 103 mil m², as instalações do equipamento são em formato de uma pomba, símbolo da bandeira de Salvador. O Centro de Convenções terá capacidade para receber 14 mil pessoas simultaneamente em congressos e convenções.


O espaço contará ainda com oito auditórios moduláveis de 800 metros quadrados cada. Terá também seis salões de 522 metros quadrados cada, 12 salas de 236 metros quadrados e 28 de reuniões que irão virar camarotes tanto para os shows externos quanto internos. O estacionamento será para mais de 1,4 mil veículos. O equipamento terá três pavimentos e será 100% climatizado e com acessibilidade.


A estrutura de ponta, além de ter a qualidade necessária para a recepção de grandes eventos, será um equipamento autossustentável. Todo o material utilizado na construção é antissalitre, o que vai evitar a corrosão das instalações.


Representantes do trade turístico da capital baiana, que estiverem presentes no evento de assinatura do contrato de concessão do Centro de Convenções de Salvador (CCS), comemoraram a conclusão de mais uma etapa que garantirá o pleno funcionamento do equipamento a longo prazo. “Esse equipamento vai fazer com que nossa baixa estação, que é o nosso período de ocupação menor, cresça exponencialmente”, declarou o presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), Sílvio Pessoa.


Para o vice-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens Bahia (Abav-BA), Jorge Pinto, o Centro de Convenções de Salvador vai gerar impactos positivos em toda a cadeia de serviços ligados ao turismo, promovendo renda e emprego. “A empregabilidade será retomada a partir da inauguração desse centro. A retomada de negócios acontece com três, quatro anos de antecedência, mas iremos de imediato ter turismo sob consulta. Existe grande expectativa da agenda do Centro de Convenções com nossos agentes de viagem, que já estão fazendo contato no Brasil e exterior para que essa retomada já comece a acontecer no próximo ano”, acrescentou Jorge Pinto.


Foto de Igor Santos/Secom