• Cidade da Bahia

Festa de Iemanjá se torna Patrimônio de Salvador


A Festa de Iemanjá do Rio Vermelho vai se tornar Patrimônio Cultural de Salvador neste sábado, 1 de fevereiro, através de ato solene programado pela Prefeitura da cidade, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM). Realizado sempre no dia 2 de fevereiro, o cortejo de Iemanjá é considero uma das principais e tradicionais celebrações afro-religiosas do Brasil.


O pedido de tombamento e reconhecimento da festa como Patrimônio Cultural de Salvador foi feito pela Ordem dos Advogados do Brasil-Secção Bahia, em 2019, e contou com o apoio da Colônia de Pescadores que organiza a celebração. A solenidade acontecerá às 10h, na própria Colônia.


Uma equipe técnica da Diretoria de Patrimônio e Humanidades (DPH) e representantes da Colônia de Pescadores do Rio Vermelho assinaram declaração de anuência para o reconhecimento da festa de Iemanjá como Patrimônio Cultural do Município. Segundo a FGM, o Registro Especial do Patrimônio Imaterial pela Prefeitura, por meio da lei 8550/14, “se constitui em ação de valorização e reconhecimento da Festa de Iemanjá do Rio Vermelho”.

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com