Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Evento na Câmara discute “Os Sertões”


Publicado em 1902, “Os Sertões”, de Euclides da Cunha, é apontado como o primeiro livro-reportagem brasileiro e aborda a Guerra dos Canudos (1896-1897), no interior da Bahia. O assunto será discutido nesta quinta-feira, 8 de agosto, no Centro de Cultura da Câmara de Salvador, através de uma Roda de Conversa com os professores Paulo Dourado, Oleone Coelho Fontes e Dionísio Nóbrega.


Integrante da última das quatro expedições da campanha de Canudos, na qualidade simultânea de enviado especial do jornal O Estado (então A Província) de S. Paulo e adido ao estado-maior do ministro da Guerra, Euclides se tornaria testemunha ocular da campanha. Suas reportagens levariam o título de “Diário de uma expedição” e seriam depois o corpo do livro “Os Sertões”.


De acordo com o gestor cultural da Câmara, vereador Odiosvaldo Vigas (PDT), “o encontro visa resgatar a consciência cultural das raízes do povo nordestino, sob a temática da trajetória de Euclides da Cunha, por meio do debate de ideias”. O vereador também destacou a importância do papel do Centro de Cultura da Casa “como aglutinador e fomentador da cultura em Salvador e na Bahia”.


Além dos debates sobre Euclides da Cunha, haverá uma exposição de quadros do artista plástico Trípoli Gaudenzi, que registra em suas telas o descrito pelos historiadores que narraram os acontecimentos da Guerra dos Canudos. Na mostra, também serão apresentadas réplicas de fotos da época, produzidas por Flávio de Barros. No dia 9, às 16h, haverá exibição do filme sobre o livro “Os Sertões”.


*Imagem do Arraial de Canudos / Acervo Biblioteca Nacional