Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com

  • Cidade da Bahia

Concerto apresenta romantismo alemão no TCA


O palco principal do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, recebe nesta quinta-feira, dia 14 de novembro, às 20h, “O Grande Romantismo Alemão”, com o pianista italiano Andrea Lucchesini. Pianista de carreira e prestígio internacional, que já gravou com a EMI International, Lucchesini se apresenta pela primeira vez no Brasil com a Orquestra Juvenil da Bahia, que será regida pelo maestro Ricardo Castro. O concerto terá ainda a participação do Coro Juvenil do Neojiba, regido pelo maestro Eduardo Torres, com a pianista italiana Viola Cartoni.


Os ingressos para o espetáculo custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), das filas A a Z11, e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso Rápido ( http://site.ingressorapido.com.br/tca).


Andrea Lucchesini nasceu na cidade de Pistoia, na região da Toscana, na Itália. Ele é hoje um pianista aclamado pela crítica especializada de todo o mundo. Estudou piano com Maria Tipo e se formou em 1982. Em 1983, com apenas 18 anos de idade, venceu o concurso internacional de piano Dino Ciani, que o lançou em uma brilhante carreira internacional. Desde então, ele se apresentou com grandes orquestras, com maestros de renome como Claudio Abbado, Semyon Bychkov, Roberto Abbado, Riccardo Chailly, Dennis Russell Davies, Charles Dutoit, Daniele Gatti, Gianluigi Gelmetti, Daniel Harding e Giuseppe Sinopoli. Em 1994, ele recebe o prestigiado Prêmio Accademia Chigiana e, em 1995, o Prêmio da Crítica F. Abbiati.


Além de gravar para a EMI International, Andrea Lucchesini gravou também para o selo BMG, a AVIE Records e Stradivarius. Dentre os compositores interpretados estão: Liszt, Beethoven, Chopin, Schoenberg, Berg, Luciano Berio e Schubert. Além de grande concertista, integra júris internacionais e se dedica ao ensino, lecionando na Scuola di Musica di Fiesole, onde também foi diretor artístico (2008 a 2016). É convidado para master classes em grandes instituições da Europa, como a Musik Hochschule, o Sommer Wasserbuger Festspiele, Hochschule e em muitas outras cidades, como Nova York.


Já a pianista Viola Cartoni Mancinelli nasceu em Perugia, Itália. De 2016 a 2018 fez o Master of Arts in Music Performance no HEMU Lausanne-Fribourg, com o pianista Ricardo Castro. De 2014 a 2016, o Master of Arts in Music Pedagogy no CSI de Lugano, com Nora Doallo, e de 2011 a 2014, o bacharelado de Arts in Music Performance também no CSI em Lugano. Já fez aulas e master classes de piano com Homero Francesh, Pietro de Maria, Dina Yoffe, Benedetto Lupo e Ricardo Castro. Entre 2008 e 2019, participou de recitais e concertos em várias cidades da Itália, Brasil, Bolívia e Suíça.


Na apresentação, serão executadas as obras ‘Zigeunerlieder op. 103’, de Brahms (1833-1897); ‘Tannhäuser (abertura da ópera)’, do compositor alemão Wagner (1813-1883), e Concerto nº 1 para Piano e Orquestra em ré menor, op. 15’, de Brahms.