• Cidade da Bahia

Cidade do Clima apresenta modelo de sustentabilidade


Os participantes da Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança do Clima, no espaço Salvador Hall, na Avenida Paralela, estão tendo a oportunidade de conhecer o modelo de uma cidade sustentável. Toda a estrutura foi planejada pela ONU e pela Prefeitura da capital baiana para neutralizar a emissão de carbono.


A Cidade do Clima, que abriga o evento até sexta feira, 23 de agosto, possui energia limpa para recarga de celular e todo o resíduo produzido no local será processado, com o material reciclável, como plástico, alumínio, vidro, papel e papelão, recolhido pela Cooperativa de Catadores Agentes Ecológicos de Canabrava (CAEC) para a comercializaçã, gerando renda para 75 famílias.


Os resíduos orgânicos provenientes da praça de alimentação e do coffee break serão destinados à compostagem, processo que transforma restos de alimentos em húmus, composto que será utilizado na horta do terraço do Salvador Shopping. As hortaliças cultivadas com esse composto retornam para os restaurantes do shopping, fazendo parte das opções de pratos para os clientes.


Além de todos esses itens, todo o CO2 gerado, inclusive pelo deslocamento dos participantes, será neutralizado pelo grupo Solví, holding da Battre, que atua no gerenciamento de resíduos em Salvador.


ESPAÇOS


A Cidade do Clima tem os espaços Verde, Amarelo e Azul, onde ocorrem palestras, mesas e conferências.


Na praça de alimentação, estandes vendem produtos naturais, saudáveis e orgânicos provenientes de produtores locais e de agricultura familiar dos biomas Mata Atlântica e Caatinga.


Em frente à praça de alimentação, no centro da estrutura do evento, há 14 estandes com informações e atrações diversas sobre o uso consciente dos recursos naturais e soluções inteligentes para a mitigação dos impactos da crise climática.


Um desses estandes é o do grupo Solví, que está distribuindo mudas de aroeira, capororoca, landi, pau-pombo e ipê branco. Ao todo, serão doadas 470 mudas ao longo da semana e outras 470 serão plantadas pela empresa em Salvador, principalmente em canteiros centrais e em antigos pontos de descarte de lixo.


Outro espaço que tem chamado a atenção do público é a árvore solar produzida a partir de material reciclável. As réplicas das folhas possuem painéis que convertem a luz solar em energia para recarga de celular e armazenamento. O painel solar orgânico é cercado por um banco onde é possível descansar enquanto a bateria do celular é recarregada.


Foto de Bruno Concha/Secom

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com