• Cidade da Bahia

Bahia se despede de um dos seus maiores historiadores



A Bahia perdeu nesta segunda-feira, 22 de junho, um dos maiores conhecedores da sua história: o professor Luis Henrique Dias Tavares, aos 94 anos. Autor de obras que são referência para pesquisadores e estudantes, o historiador era membro da Academia de Letras da Bahia, professor emérito da Universidade Federal da Bahia e doutor honoris causa da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), além de sócio da Academia Portuguesa de História e do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.


Luís Henrique Dias Tavares nasceu na cidade de Nazaré, Bahia, em 1926. Cursou Geografia e História, Bacharelado e Licenciatura, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Federal da Bahia (1948 – 1951). É doutor em História por concurso de Livre Docência, com defesa de tese, prova escrita e oral. Tem pós-doutorado na Universidade de Londres (1977, 1978, 1982, 1984, 1986), com pesquisas em arquivos (Foreign Office Record’s), e bibliotecas (British Libray), ocasião em que escreveu o Livro “Comércio Proibido de Escravos”. Foi diretor do Arquivo Público do Estado da Bahia no período de 1959 a 1969.


Escreveu livros de ficção e história, como “História da Bahia”, tendo recebido diversos prêmios literários. É Cavaleiro da Ordem do Dois de Julho, título outorgado pelo Governo do Estado da Bahia em 2011, e recebeu a Medalha Ranulfo Oliveira da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) em 2012 .


*Fonte ABI

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com