• Cidade da Bahia

Ano será regido por Xangô com ajuda de Iansã


Nádya Argôlo*


O ano de 2020, que começa nesta quarta-feira, terá Xangô, orixá da justiça, como regente, auxiliado por Iansã. As cores predominantes serão vermelho e branco.


Xangô é o pai da inteligência e da sabedoria. Assim, os planos relacionadas estudos e a busca pelo saber serão contemplados. Xangô usa um machado de duas faces e costuma castigar ladrões e mentirosos ( xi... vai ter muito trabalho...).


Diz o ifá (jogo dos búzios) que o próprio raio é uma punição enviada pelo orixá quando está em fúria... (olha Iansã também aí...). Outro símbolo é a estrela de seis pontas, que representa o poder de equilibrar o universo. Suas esposas Iansã, Oxum e Obá estão presentes no equilíbrio e justiça.


Seu dia maior é 29 de junho, festa de São Pedro, mas São João, São Jorge e São Jerônimo, santos da Igreja católica, também o representam no sincretismo religioso. O novo ano trará sorte a todas as pessoas focadas em seus objetivos, pois é o orixá regente da luta, do fogo, dos vulcões, dos terremotos e de todas as forças da natureza.


Os filhos de Xangô possuem uma alto estima elevada e sempre energia positiva. Sua comida é o amalá, feita com farinha de inhame, regada com molho de quiabos e rabada bovina. Tudo isso regado a muito dendê!


*Nádya Argôlo é jornalista, assessora de comunicação e professora universitária. Conforme Pai Alberto de Omolu, é de Oxum Balé e Iansã Menina.

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com