• Cidade da Bahia

A terra tremeu



Não foi trio elétrico, não foi um São João rebentão e não foi reflexo da “água comida” do sábado. A terra tremeu ao amanhecer deste domingo, 30 de agosto de 2020, em boa parte do Vale do Jiquirtiçá, Recôncavo da Bahia e até em Salvador. As notícias e, é claro, as piadas, rodaram as redes sociais muito antes de que a informação da ocorrência de um abalo sísmico de magnitude 4.6 na Escala Richter, com epicentro a cidade de Mutuípe,


Dona Nadyr, que em seus 92 anos nunca deu bobeira, tratou logo de pedir para que as filhas ligassem para Amargosa. Afinal, seus móveis, seus biscuits, suas orquídeas e suas jaqueiras estavam na fazenda. Viu no celular as prateleiras tremendo e as mercadorias caindo delas em um supermercado (foto/reprodução), mas foi tranquilizada. Estava tudo bem na sua casa, apesar de Seu Bonfim ter perdido a sustentação da bengala, que ele chama “porrete”.


Segundo dados sismológicos, o terremoto (sim, terremoto mesmo!) aconteceu por volta das 7h30 e foi sentido em pelo menos 44 cidades do estado, incluindo a capital Salvador. Moradores de várias cidades do estado, como Castro Alves, São Miguel das Matas e Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, relataram o impacto do terremoto.

Receba nossas atualizações

  • Cidade da Bahia
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019 por Escriba Comunicação & Consultoria. Criado com Wix.com